• tecnocloud26

Bill Gates critica bitcoins e faz alerta sobre criptomoedas



Aos 65 anos e com uma fortuna avaliada em mais de US$ 100 bilhões (R$ 567 bilhões), Bill Gates resolveu ligar sua metralhadora giratória contra algumas tendências contemporâneas. Após criticar a colonização de Marte, foi a vez do fundador da Microsoft falar contra os bitcoins.


Em entrevista ao The New York Times, o bilionário disse não acreditar que as criptomoedas sejam de fato o futuro da economia, já que, segundo ele, suas transações consomem grandes quantidades de energia e podem causar “um grande problema climático”.


“O Bitcoin usa mais eletricidade por transação do que qualquer outro método conhecido pela humanidade”, declarou Gates. E a crítica tem base, um monitoramento recente mostrou que a mineração de bitcoins já consome mais energia que alguns países, como a nossa vizinha Argentina.

No entanto, Bill Gates não foi 100% crítico às criptomoedas, e disse acreditar em seu caráter descentralizado. Porém, para ele, a natureza ambientalmente agressiva desanima, já que essas moedas tendem a ser as maiores emissoras de carbono do setor financeiro.



Opções mais verdes


Embora hoje os bitcoins e as criptomoedas mais populares sejam agressivas ao meio ambiente, programadores já trabalham em opções mais verdes, como é caso do Ethereum, que busca adotar um modelo de mineração mais sustentável em um futuro próximo.


Outros magnatas da tecnologia, como Jack Dorsey, do Twitter, também buscam criar alternativas mais ecológicas para a mineração de criptomoedas. Hoje, essas opções até existem, mas são inseguras e enfrentam sérios problemas de escalabilidade.


Mas, caso a tecnologia de mineração verde alcance patamares aceitáveis, Bill Gates não a descartaria investir nelas. “Se for eletricidade verde e não estiver atrapalhando outros usos, talvez esteja tudo bem”, declarou.





Fonte:[Futurism,olhardigital]

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Atualizado em    15/04/2021

Copyright © 2020 Tecnocloud26.