• tecnocloud26

Emirados Árabes divulgam primeira imagem de Marte produzida pela sonda Hope



A primeira missão espacial interplanetária de um país árabe começa a render imagens importantes. Neste domingo (14), os Emirados Árabes Unidos divulgaram fotos produzidas pela sonda Hope na órbita de Marte.


A foto foi tirada a uma distância de 25 quilômetros da superfície, criando uma imagem amarelada e azulada de Marte, contrastando com a imagem avermelhada que normalmente a ele é associada, e mostra uma parte do planeta iluminada pela luz solar, enquanto a outra parte está no escuro.


Apesar da divulgação neste domingo, a imagem já havia sido capturada há algum tempo, no entanto. O “clique” foi feito na quarta-feira (10), mas a transmissão só foi concluída agora, em um momento considerado histórico para os Emirados Árabes.



A primeira missão espacial interplanetária de um país árabe começa a render imagens importantes. Neste domingo (14), os Emirados Árabes Unidos divulgaram fotos produzidas pela sonda Hope na órbita de Marte.


A foto foi tirada a uma distância de 25 quilômetros da superfície, criando uma imagem amarelada e azulada de Marte, contrastando com a imagem avermelhada que normalmente a ele é associada, e mostra uma parte do planeta iluminada pela luz solar, enquanto a outra parte está no escuro.


Apesar da divulgação neste domingo, a imagem já havia sido capturada há algum tempo, no entanto. O “clique” foi feito na quarta-feira (10), mas a transmissão só foi concluída agora, em um momento considerado histórico para os Emirados Árabes.



A transmissão da primeira imagem de Marte da sonda Hope é um momento definitivo da nossa história e marca os Emirados Árabes Unidos se juntando a outras nações avançadas envolvidas na exploração espacial, afirmou o príncipe herdeiro Mohamed bin Zayed Al Nahyan.

A missão, chamada de Al Amal, visa criar uma imagem detalhada da atmosfera de Marte, em um nível inédito. Como informa o site CNET, utilizando a câmera e espectrômetros ultravioleta e infravermelho, as imagens produzidas permitirão entender melhor a fuga de partículas da gravidade marciana e revelar mecanismos de circulação global.

2 visualizações0 comentário

Atualizado em    19/01/21

Copyright © 2020 Tecnocloud26.