• tecnocloud26

iPhone 13: Apple pode adotar tela com leitor de impressões digitais na tela

Touch ID foi descontinuado nos iPhones a partir da geração X do smartphone. Recurso pode voltar em meio a reclamações do não reconhecimento facial devido ao uso de máscaras, aponta site especializado.



Foto: Reprodução/MacRumors




Após três gerações sem o botão Touch ID, a Apple pode estar trabalhando no retorno da ferramenta nos próximos iPhones - a diferença é que a função ficará acomodado sob a tela, como acontece nos modelos mais recentes da Samsung, por exemplo. O recurso deve ser visto no sucessor do iPhone 12, última geração do smartphone lançado ainda em 2020. As informações são do portal MacRumors, especialista na empresa da Maçã.



A volta do leitor digital seria uma alternativa além do Face ID, implementado pela empresa americana a partir dos modelos X e que segue até então nos modelos mais recentes - com exceção do iPhone SE 2020, que trouxe o corpo do iPhone 8 com o processador mais recente da empresa até então, o A13 Bionic. Com a volta do recurso, a empresa pretende reverter os problemas da demanda do reconhecimento facial com o uso de máscaras, além de oferecer outra opção para o desbloqueio do iPhone. A informação foi divulgada pelo The Wall Street Journal e vazada por um ex-funcionário da Apple.


O botão Touch ID que a Apple usou no iPhone, iPad e Macs são sensores capacitivos, que utilizam pequenos fragmentos para criar um mapa de dados de impressão digital do usuário, sendo um dos mais difíceis de enganar.

Já o sensor óptico vem utilizado em celulares Android, produzindo um mapa 2D do dedo com a ajuda de uma imagem fornecida por uma câmera que usa a luz para identificar a digital. Ainda assim, pode apresentar erros e, portanto, não é destacado como a principal ferramenta para os futuros smartphones da Apple.


Outra versão que ainda pode ser desenvolvida pela empresa é a do sensor híbrido, responsável por misturar tecnologias ópticas e capacitivas. Ainda, existe outro integrante: o sensor ultrassônico. Mais caro, utiliza tecnologia 3D e oferece mais segurança na detecção do que os sensores anteriores. Mesmo sob diversos rumores, até agora não há confirmação por parte da empresa de que a tecnologia do Touch ID pode retornar aos iPhones.


O que achou? Deixe seu comentário.





Fonte: OPOVO

21 visualizações0 comentário