• tecnocloud26

Notebook Core i3, Core i5 ou Core i7? Saiba qual chip é melhor para você

CPUs podem ser divididas em três categorias de uso: básico, intermediário e avançado; conheça as características de cada uma delas.


Core i3, Core i5 e Core i7 são as principais opções de chip Intel disponíveis no Brasil. Marcas como Samsung, Lenovo, Asus e Acer oferecem notebooks com diferentes propostas de uso, o que varia de acordo com o hardware – e, principalmente, o processador. Além disso, existem ainda modelos com CPUs Core i9, mais poderosos e que podem ser interessantes para rodar jogos sem travamentos, por exemplo.

Apesar do lançamento recente dos chips de 11ª geração, as opções mais presentes no mercado de laptops são os processadores de oitava, nona e décima gerações, sendo essa última compatível com recursos de Inteligência Artificial e Wi-Fi 6, por exemplo. Para saber qual CPU pode ser mais interessante ter em um notebook, confira o guia a seguir mostrando as diferenças entre as linhas da Intel.


*Shoptime e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação.



Quando comprar um notebook Core i3?


Os notebooks equipados com processador Core i3 fazem parte da categoria de dispositivos básicos à venda no mercado. Tradicionalmente, os notebooks equipados com chips mais simples da linha Core possuem preço mais acessível e acabam se tornando uma boa opção para quem quer um aparelho para atividades que não exigem muito processamento de dados.


Apesar da iminente semelhança entre as CPUs Core i3, algumas características podem diferenciar um modelo do outro. A primeira especificação que precisa ser analisada antes de escolher uma CPU é a geração da qual o mesmo faz parte. Atualmente, a décima geração dos processadores é a ideal, já que é mais comum e deve ter desempenho bastante superior aos modelos de sexta, sétima e oitava gerações.


Outro ponto que vale ficar atento é em relação ao TDP. A sigla significa Thermal Design Power e é usada para medir a quantidade de energia que precisa ser dissipada para evitar o superaquecimento do computador e, assim, manter um bom desempenho na máquina. Tradicionalmente, os chips Intel Core i3 presentes em notebooks contam com uma TDP baixa, visto que são dispositivos mais básicos e que não demandam tanta energia de processamento.



Intel Core i3 é um processador voltado para uso mais básico — Foto: Divulgação/Intel



O número de núcleos também merece uma boa atenção, já que há opções dual-core que podem não ser suficientes para trabalhos de produtividade, por exemplo. Nas gerações mais recentes, é mais comum ver chips Core i3 com quatro núcleos.


Inclusive, as últimas gerações dos chips Intel Core contam com recursos que também estão presentes nos modelos mais avançados como o Core i7 e i9, oferecendo um bom custo-benefício aos usuários, além do suporte ao Wi-Fi 6, padrão de internet mais recente no mercado.


Quando comprar um notebook Core i5?


Se você acha que o Intel Core i3 não deve ser suficiente para seu estilo de uso, provavelmente o Core i5 deve suprir suas necessidades. Apesar de não ser o processador mais potente da Intel, a CPU pode se destacar bastante se as outras especificações do notebook forem suficientes, como boa quantidade de memória RAM, armazenamento em SSD ou GPU dedicada.


O Intel Core i5 é voltado para quem deseja mais desempenho em multitarefas, edição de fotos e vídeos mais leves ou até mesmo executar jogos mais leves, como League of Legends, Valorant e Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). Esse tipo de uso só é possível devido a uma maior velocidade que o chip proporciona e também a uma quantidade maior de núcleos e threads disponíveis no processador, saindo de quatro e passando para seis núcleos. Porém, caso esteja interessado em executar jogos mais pesados, o processador não será suficiente.



Intel Core i5 conta com um número maior de núcleos — Foto: Divulgação/Intel



No mercado brasileiro, os notebooks equipados com Core i5 são um pouco mais caros do que os dispositivos mais básicos. Entretanto, pode valer a pena investir em um desses, já que o desempenho será consideravelmente maior. Em relação às tecnologias presentes, os recursos que envolvem inteligência artificial e a otimização do desempenho da CPU são ainda mais aproveitados no Intel Core i5.


O chip possui uma TDP maior do que os modelos de entrada e consegue, assim, processar dados com mais agilidade e sem esquentar tanto. De acordo com a Intel, recursos como o Wi-Fi 6 também estão disponíveis nas últimas gerações do processador.



Quando comprar um notebook Core i7?


O Intel Core i7, por sua vez, já faz parte das opções mais avançadas da marca. Chip da linha se destacam pela alta potência na execução de tarefas pesadas, como renderização de vídeo em alta qualidade e rodar jogos mais atuais e pesados. Geralmente, o notebook com processador Core i7 vem acompanhado de uma placa de vídeo dedicada, algo interessante para tipos de uso mais exigentes.


Essa é uma das principais diferenças desse tipo de processador, já que os Core i3 e Core i5 aparecem com maior frequência em laptops que dependem das Intel UHD Graphics. O clock desses chips também costuma ser maior, assim como a quantidade de núcleos e threads, responsáveis pela execução dos cálculos e funções. Há opções de quatro, seis ou até oito núcleos – e o dobro de threads.


No entanto sua TDP é maior. Sendo assim, a energia gasta pelo sistema será mais alta, o que deve significar um tempo menor de autonomia no notebook e mais horas com o laptop ligado à rede elétrica – algo comum em computadores gamer, por exemplo.



Acer Predator Helios 300 é notebook gamer com processador Intel Core i7 — Foto: Divulgação/Acer


A linha de processadores Intel Core i7 das últimas gerações também garante que o uso de monitores em altas resoluções seja feito de maneira mais eficiente graças à tecnologia Thunderbolt 4 e à solução grafica Intel Iris Plus. Dessa forma, você pode editar vídeos em vários monitores 4K sem perda significativa de desempenho. Mas toda essa tecnologia atual tem um preço: os notebooks que contam com processador Intel Core i7 de gerações mais recentes costumam ser bem mais caros.



E o Core i9?


A presença do processador Intel Core i9 em notebooks ainda não é tão comum, mas acontece em alguns laptops gamer. Esse chip é voltado para usuários que queiram desempenho ainda maior em seu dispositivo, seja executando jogos ou programas mais pesados, já que é a opção mais potente oferecida pela Intel.

O Core i9 é mais comum no mercado de desktops, já que os chips demandam bastante energia para rodar, além de uma fonte potente que consiga dissipar todo esse calor.


Como o ambiente de um notebook é bastante fechado, adicionar um processador com toda essa potencia pode ser um problema para as fabricantes. Em relação aos pontos positivos, seu uso é bastante recomendado para servidores graças a seu alto poder de processamento e sua eficiência. De acordo com a Intel, esse chip também é bastante recomendado para criação de conteúdo que envolva inteligência artificial, realidade aumentada e realidade virtual.



MacBook Pro conta com processador Intel Core i9 de oito núcleos — Foto: Divulgação/Apple


Apesar disso, marcas como Apple, Asus e também Avell já anunciaram modelos com a presença de chips Core i9, porém, com preços muito acima. Um exemplo é o Macbook Pro de 16 polegadas, que está disponível no Brasil por R$ 35.299 se equipado com o processador. Caso você tenha interesse de adquirir um notebook com a CPU, saiba que terá de fazer um bom investimento.




Fonte[Techtudo,Acer,Apple,Asus,Intel]

6 visualizações0 comentário

Atualizado em    19/01/21

Copyright © 2020 Tecnocloud26.