• tecnocloud26

Receita lança site para regularizar CPF

pela internet; saiba como usar.


A Receita Federal lançou em seu site uma nova seção destinada à regularização do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). A página reúne todas as informações para esclarecer quem tem dúvidas sobre o documento.


Batizada de “Meu CPF”, a seção foi criada depois que o órgão notou um aumento na busca por serviços relacionados ao documento. Segundo a Receita, o objetivo é mostrar ao usuário que, na maioria das vezes, ele não precisa sair de casa para resolver algumas pendências.


Para facilitar, a página temática traz um infográfico recheado de informações, apresentando as irregularidades do CPF mais corriqueiras. A ferramenta também mostra quais os caminhos para regularizar a situação junto ao fisco.



A nova página reúne serviços e orientações para quem tem pendências com o CPF.

Fonte: Receita Federal/Reprodução



No novo site, você pode atualizar o CPF pela internet e emitir o documento online, por exemplo. Caso haja a necessidade de apresentar um documento de identificação, não é preciso ir a uma unidade de atendimento. Basta enviar os dados por e-mail, anexando uma selfie segurando o documento, que serve para comprovar a legitimidade.



Problemas mais comuns

Segundo a Receita, um dos problemas com o documento que mais geram dúvidas é o CPF suspenso. Isso ocorre quando o cadastro apresenta informações incompletas ou erradas, e pode ser corrigido na opção “Alterar CPF”, dentro da nova página.

Já quando você se depara com a ocorrência de CPF pendente de regularização, o problema geralmente é ocasionado pela não entrega da declaração do Imposto de Renda. Para saber qual delas deixou de ser enviada, é necessário acessar o Portal e-CAC e enviá-la.

Os casos de CPF cancelado também estão entre os mais procurados. Tal pendência aparece se houver duplicidade do documento ou por decisão judicial, mais raramente, exigindo agendar o atendimento presencial. O comparecimento à Receita é necessário ainda para solucionar problemas relacionados a titular falecido, apresentando os documentos que comprovem o contrário.

4 visualizações0 comentário

Atualizado em    19/01/21

Copyright © 2020 Tecnocloud26.